Tradicionalismo Sem Fronteiras no seu celular

Tradicionalismo Sem Fronteiras no seu celular
Use o Leitor QR Code do seu celular para abrir o link do blog no seu aparelho celular móvel

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Cantiga para o meu Chão - César Oliveira (Música)


Sinto na goela a força desta cantiga

Que certamente há de irmanar o meu povo

Pra que a esperança e humilde se acolherem

E se entreverem na busca de um mundo novo

Erguendo ranchos de santa fé e pau a pique

Bolcando a terra com mariposas e arados

Semeando vidas na imensidão deste pampa

Mantendo a estampa do Rio Grande abagualado

Foi junto aos tauras que nasceram das peleias

E os que entregaram corpo e alma ao nosso chão

Que veio à tona este apego sem costeio

Que faz floreio e nos golpeia o coração

Temos nas veias o mesmo sangue dos guapos

Temos no peito a mesma gana dos outros

Que se extraviaram em faturas de gado alçado

Ou nos banhados sumiram boleando potros

Esta querência falquejada a ferro e fogo

Fez do gaúcho um centauro sobre a terra

Trazendo adiante uma trajetória que encanta

E na garganta um bravo grito de guerra

Este gaudério que cortou várzeas e grotas

Desdobrou léguas na volta dos corredores

Costeou matreiros sovando garras e laços

Abrindo espaços pra ginetes e pealadores

Um sentimento dentro de mim se alvorota

Por isso eu canto clamando por liberdade

A esta gente que luta changueando uns cobres

E além de pobres enfrentam desigualdades

Mas algum dia há de brotar campo à fora

Frutos de um sonho que um dia serão tronqueira

Pra palanquear uma tropilha de mouros

E os índios touros vão surgir na polvoadeira!


Rádios Web

Rádios Web
Clique no rádio para conferir as rádios web gaúchas

Pesquise no blog

Tradicionalista amigo!

Mande seu comentário, crítica, elogio ou sugestão para o e-mail: tradicionalismosemfronteiras@yahoo.com.br. Leia ou peça letras de música, vídeos, poesias, lendas e histórias.

Traduza o Blog Tradicionalismo Sem Fronteiras para línguas além fronteiras

SIGA-NOS PELO E-MAIL

Visualizações de página desde Junho de 2010