Tradicionalismo Sem Fronteiras no seu celular

Tradicionalismo Sem Fronteiras no seu celular
Use o Leitor QR Code do seu celular para abrir o link do blog no seu aparelho celular móvel

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Menos que Deus e mais do que um Homem - César Oliveira (Música)


Sombreiro quebrado, tapeado pra cima

Parece obra prima "co´as aba intanguida"

Dois ferros calçados, um igual ao outro

E as botas de potro aquebrantando a vida

Apegos e ânsias, estâncias e rumos

A sorte um consumo que vem sem sinuelo

Pra um homem de guerra que a um sonho se agarra

Baguais e guitarras são fletes de um mesmo pêlo

Estampa surrada, judiada do tranco

D´um baio lonanco, veiaco e malino

A alma um palanque cravado bem fundo

Escorando o que o mundo chama de destino

Vos falo de um xucro e retruco aos demais

Que entre baguais anda solto na poeira

Um quebra parido num rancho barreado

Sobre o chão sagrado da nossa fronteira

Das domas e tropas, das grotas e sangas

Bois mansos de canga e rodeios de cria

São coisas que o guasca templou com as esporas

Bombeando as auroras e as barras do dia

Com a pátria nos tentos e o vento na fronte

O tempo é um reponte que aos poucos consome

O corpo de um taura que um santo benzeu

Pra ser menos que Deus, porém mais do que um homem!


Rádios Web

Rádios Web
Clique no rádio para conferir as rádios web gaúchas

Pesquise no blog

Tradicionalista amigo!

Mande seu comentário, crítica, elogio ou sugestão para o e-mail: tradicionalismosemfronteiras@yahoo.com.br. Leia ou peça letras de música, vídeos, poesias, lendas e histórias.

Traduza o Blog Tradicionalismo Sem Fronteiras para línguas além fronteiras

SIGA-NOS PELO E-MAIL

Visualizações de página desde Junho de 2010