Tradicionalismo Sem Fronteiras no seu celular

Tradicionalismo Sem Fronteiras no seu celular
Use o Leitor QR Code do seu celular para abrir o link do blog no seu aparelho celular móvel

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Romanceiro de Estrada e Posto - César Oliveira (Música)


Me alcança o mate do estribo morena

Que eu ronco a cuia lhe roubo um beijo e busco a volta

Abano o pala num aceno e a alma chora

E estrada a fora o teu amor me faz escolta

Sempre que a lida me convida a andejar

Encho os "peçuelos" de saudade na despedida

Entrego a ti meu voração de estrada e posto

E levo o gosto dos teus lábios na partida

Levo a essência campesina do teu corpo

Fazendo inveja a uma flor que me sorriu

E a melodia da tua voz meiga e serena

Na cantilena da sanga buscando o rio

Tem uma tropa me esperando lá no passo

Pingos de muda pra pisotear horizontes

O compromisso de chegar no dia certo

E um cusco esperto que se agranda num reponte

Uma tapera se desenha lá na volta

Do corredor que mais adiante pecha o céu

E na culatra poeira fina que levanta, volta e se acampa

Na quincha do meu chapéu

Meu melhor flerte

Olha de volta pra querência

Campeio as garra e a tropilha se alvorota

Num trote largo pra volver o tempo gasto

Repisa o rastro que ficou daquela tropa

O sol de maio

Recolhe a estampa colorada

Mudo o cavalo antes que a sombra me alcance

De noite a Lua acende a prata do lombilho

Trazendo o brilho dos teus olhos num relance

Quero chegar com a madrugada na garupa

E a Estrela D'Alva da testa do meu picaço

Soltar pra o campo quem venceu tanta distância

E matar a ânsia no catre do teu regaço.


Rádios Web

Rádios Web
Clique no rádio para conferir as rádios web gaúchas

Pesquise no blog

Tradicionalista amigo!

Mande seu comentário, crítica, elogio ou sugestão para o e-mail: tradicionalismosemfronteiras@yahoo.com.br. Leia ou peça letras de música, vídeos, poesias, lendas e histórias.

Traduza o Blog Tradicionalismo Sem Fronteiras para línguas além fronteiras

SIGA-NOS PELO E-MAIL

Visualizações de página desde Junho de 2010