Tradicionalismo Sem Fronteiras no seu celular

Tradicionalismo Sem Fronteiras no seu celular
Use o Leitor QR Code do seu celular para abrir o link do blog no seu aparelho celular móvel

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Tirando o Boi do Rodeio - César Oliveira (Música)


Campeio a volta, de chapéu tapeado

Este bragado, que domei paciente

Pois um cavalo quando é de respeito

Carrega um pouco da alma da gente

Quem tira sustento pra mulher e filhos

No serviço bruto, chuva, sol e poeira

Dá valor a um pingo, bueno e de coragem

Pra topar parada de qualquer maneira

Nestes dias lindos de manhã serena

Saio escutando o talarear da espora

Carrego no sangue a tradição torrena

De apartar o gado sempre campo a fora

Por isso me agrada de parar rodeio

Pra empurrar zebu com o bico da bota

Quem é da lida não perde "cuerada"

Pra boiada alçada de fundão de grota

Esta cachorrada, que me faz escolta

É minha confiança quando pego um grito

Meus ovelheiros seguram a volta

E eu entro no meio e tiro o boi solito

Então levo o corpo neste meu bragado

Doce de boca e flor de campeiro

Se o boi é manso, eu faço um costado

Saio pechando, se for caborteiro.


Rádios Web

Rádios Web
Clique no rádio para conferir as rádios web gaúchas

Pesquise no blog

Tradicionalista amigo!

Mande seu comentário, crítica, elogio ou sugestão para o e-mail: tradicionalismosemfronteiras@yahoo.com.br. Leia ou peça letras de música, vídeos, poesias, lendas e histórias.

Traduza o Blog Tradicionalismo Sem Fronteiras para línguas além fronteiras

SIGA-NOS PELO E-MAIL

Visualizações de página desde Junho de 2010